Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Feito!
Erro!
Texto compartilhe 2-110
Texto busque no site-110Texto busque na web.PNG

Trabalho em Entre Rios do Sul ganha Premiação Nacional

Voltar
« Última» PrimeiraPublicação:
ImprimirReportar erroTags:cerca, hidrelétrica, projeto, desenvolvendo, contava, exibição, filmes e teatros520 palavras8 min. para ler
Trabalho em Entre Rios do Sul ganha Premiação Nacional
Ver imagem ampliada
Adecova e Tractebel Energia recebem o 8º Prêmio Brasil Ambiental na categoria Responsabilidade Socioambiental

Centro de Cultura em  Entre Rios do Sul (RS) completou um ano e modificou a vida na região, levando adultos e crianças para oficinas, salas de cinema, shows, inclusão digital e muito mais.

A Adecova  (Associação de Desenvolvimento Comunitário de Vila Alegre) recebeu na noite de quinta-feira (9 de agosto), no Rio de Janeiro, o 8º Prêmio Brasil Ambiental (Amcham/RJ), na categoria Responsabilidade Socioambiental, com o case sobre o Centro de Cultura de Entre Rios do Sul, localizado no Rio Grande do Sul. Idealizado pela Tractebel Energia e inaugurado há um ano, o Centro é o primeiro empreendimento cultural desse porte na região e o primeiro 100% incentivado pela Lei Rouanet em municípios com menos de 100 mil habitantes.

“Este prêmio é a prova de que a sustentabilidade não é uma utopia e que estamos há um ano no caminho certo. É um reconhecimento que nos proporciona ainda mais ânimo para continuar disseminando e inovando na área cultural”, declara a coordenadora do Centro, Chirley Rigon, acrescentando que essa era a categoria com mais empresas inscritas. “Concorremos com grandes companhias, como Vale, Petrobras e Fiat”, festeja.

Para Chirley, é muito importante ter a geradora de energia como parceira, pois ela “vai além do apoio financeiro, participa e, acima de tudo, colabora com a formação da gestão do Centro de Cultura”. Já o presidente da Tractebel Energia, Manoel Zaroni, afirma que esse é um reconhecimento importante por resultar da forte ligação da Empresa com as comunidades onde atua. “Quando formatamos o centro nossos principais objetivos eram fortalecer a cultura local e o conceito de desenvolvimento sustentável”, explica.

 Tanto Chirley como Zaroni desejam que esse prêmio amplie ainda mais o projeto, desenvolvendo a cultura local  em uma região que antes não contava com salas para exibição de filmes, apresentações de teatros,  shows musicais e dança, além de oficinas variadas.

O Centro de Entre Rios do Sul, localizado no município que abriga a Usina Hidrelétrica Passo Fundo, é o primeiro de uma série que a empresa está construindo, pois até 2013 serão inaugurados dois em Santa Catarina e um no Paraná. O grande diferencial, diz Zaroni, é que as comunidades participam das definições dos projetos e garantem os recursos a serem aplicados pela Lei Rouanet.

O gerente de Meio Ambiente da empresa, José Lourival Magri, salienta que a Tractebel participou sete anos do evento da Amcham/RJ e, por sete anos, recebeu prêmios em diferentes categorias.

O CENTRO – Dimensionado de acordo com a população local, o Centro conta com uma área construída de 1.075,22 m2, possui auditório com 150 lugares, oficinas, salas para exposições e reuniões comunitárias, museu e sala de inclusão digital, além de uma área coberta para feiras e exposições.

Preparado para receber apresentações de música, teatro, dança, artes plásticas e cinema, o espaço é administrado pela Adecova e mostra sua importância ao estar, em 2012, com toda a sua agenda lotada. “Passaram por lá em 12 meses, mais de 2 mil pessoas, demonstrando que o centro está suprindo a carência do município de Entre Rios do Sul, com cerca de 3 mil habitantes”, diz Chirley.


Galeria de fotos

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarPin it