Obs.: você está visualizando a versão para impressão desta página.
Voltar ao topoVer em Libras

Trabalho em Entre Rios do Sul ganha Premiação Nacional

  1. Início
  2. Notícias
  3. Geral
  4. Trabalho em Entre Rios do Sul ganha Premiação Nacional
« Mais recente🔀🛈Categoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:centro, sul, cultura, chirley, pela, rios e prêmio5335 min. para ler

Adecova e Tractebel Energia recebem o 8º Prêmio Brasil Ambiental na categoria Responsabilidade Socioambiental
Centro de Cultura em  Entre Rios do Sul (RS) completou um ano e modificou a vida na região, levando adultos e crianças para oficinas, salas de cinema, shows, inclusão digital e muito mais.

A Adecova  (Associação de Desenvolvimento Comunitário de Vila Alegre) recebeu na noite de quinta-feira (9 de agosto), no Rio de Janeiro, o 8º Prêmio Brasil Ambiental (Amcham/RJ), na categoria Responsabilidade Socioambiental, com o case sobre o Centro de Cultura de Entre Rios do Sul, localizado no Rio Grande do Sul. Idealizado pela Tractebel Energia e inaugurado há um ano, o Centro é o primeiro empreendimento cultural desse porte na região e o primeiro 100% incentivado pela Lei Rouanet em municípios com menos de 100 mil habitantes.

"Este prêmio é a prova de que a sustentabilidade não é uma utopia e que estamos há um ano no caminho certo. É um reconhecimento que nos proporciona ainda mais ânimo para continuar disseminando e inovando na área cultural”, declara a coordenadora do Centro, Chirley Rigon, acrescentando que essa era a categoria com mais empresas inscritas. "Concorremos com grandes companhias, como Vale, Petrobras e Fiat”, festeja.

Para Chirley, é muito importante ter a geradora de energia como parceira, pois ela "vai além do apoio financeiro, participa e, acima de tudo, colabora com a formação da gestão do Centro de Cultura”. Já o presidente da Tractebel Energia, Manoel Zaroni, afirma que esse é um reconhecimento importante por resultar da forte ligação da Empresa com as comunidades onde atua. "Quando formatamos o centro nossos principais objetivos eram fortalecer a cultura local e o conceito de desenvolvimento sustentável”, explica.

 Tanto Chirley como Zaroni desejam que esse prêmio amplie ainda mais o projeto, desenvolvendo a cultura local  em uma região que antes não contava com salas para exibição de filmes, apresentações de teatros,  shows musicais e dança, além de oficinas variadas.

O Centro de Entre Rios do Sul, localizado no município que abriga a Usina Hidrelétrica Passo Fundo, é o primeiro de uma série que a empresa está construindo, pois até 2013 serão inaugurados dois em Santa Catarina e um no Paraná. O grande diferencial, diz Zaroni, é que as comunidades participam das definições dos projetos e garantem os recursos a serem aplicados pela Lei Rouanet.

O gerente de Meio Ambiente da empresa, José Lourival Magri, salienta que a Tractebel participou sete anos do evento da Amcham/RJ e, por sete anos, recebeu prêmios em diferentes categorias.

O CENTRO – Dimensionado de acordo com a população local, o Centro conta com uma área construída de 1.075,22 m2, possui auditório com 150 lugares, oficinas, salas para exposições e reuniões comunitárias, museu e sala de inclusão digital, além de uma área coberta para feiras e exposições.

Preparado para receber apresentações de música, teatro, dança, artes plásticas e cinema, o espaço é administrado pela Adecova e mostra sua importância ao estar, em 2012, com toda a sua agenda lotada. "Passaram por lá em 12 meses, mais de 2 mil pessoas, demonstrando que o centro está suprindo a carência do município de Entre Rios do Sul, com cerca de 3 mil habitantes”, diz Chirley.


Guardamos estatísticas de uso e utilizamos cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais em nossa política de uso.